07 julho 2009

“DIAMANTE DE SANGUE”

No domingo à noite a RT1 exibiu o filme “Diamante de Sangue”. Já tinha visto em cinema e fiquei sensibilizada com a história dramática relatada, que se passa na Serra Leoa (África).
A exploração de diamantes (cuja grande parte é ilegal e sai clandestinamente do país), a “escravatura”, as crianças-soldado, os refugiados, os massacres de populações, os combates armados (entre rebeldes)… os conflitos têm como base a exploração da riqueza do subsolo, nomeadamente, os diamantes (numa passagem do filme um idoso que sobreviveu a um ataque à sua aldeia dizia esperemos que não descubram petróleo nestas terras…).





Um pouco de Geografia:

Localização da República da Serra Leoa



Capital: Freetown
Fronteiras: Guiné, Libéria e Oceano Atlântico
Área: 71 740 km2
População: 6 294 774 hab (2007)
Densidade populacional: 83 hab/km2
Língua Oficial: Inglês
Moeda: Leone
Clima: tropical caracterizando uma das zonas mais húmidas da África costeira ocidental, sendo maior durante a estação das chuvas que se prolonga de Maio a Dezembro.
Vegetação: predomina a floresta tropical lado a lado com a savana.

Mais informações AQUI



E saber que:
“…em 1462, o navegador português Pedro Cintra deu com estas costas escarpadas e onde o eco das tempestades sobre as montanhas do litoral lhe evocou o rugido dos leões. Desde então, o território passou a ser conhecido por Serra Leoa.” (“Guia do Mundo 2000-2001”, Trinova Editora)


(Mapas: pesquisa do Google)

5 comentários:

Isabel Preto disse...

Vi o filme na televisão e gostei, apesar de ter dificuldade a assistir a algumas cenas tão dramáticas, com crianças munidas de armas, a morrer, a lutar...a ganância da humanidade é assim!

GeoBlog disse...

Não vi o filme, mas, infelizmente, situações dessas não são só ficção!
Tudo o que envolve o sofrimento do ser humano e em particular das crianças deixa-me sem palavras!
Um beijinho!

Amaral disse...

Carla
Infelizmente tudo o que gera dinheiro provoca desavenças, guerras.
Bjo

Carla Pimentel disse...

Grandes verdades que vocês acrescentaram ao meu artigo… fiz referência ao filme porque revela o drama, o sofrimento e a ganância, a “lavagem cerebral” das crianças… muito triste estes actos humanos.
Com certeza que sensibilizou (que era o objectivo)…
Bjs

eL n!ñOo= || »Manel Veloso« disse...

Também, vi o filme, fiquei com pena das pobres crianças-soldado que são tratadas como escravos, é pena que todas as crianças do mundo, não tenham todas as possibilidades de crescer em paz, e não numa crise social e económica, como vivemos actualmente.