13 junho 2009

"O SÉTIMO SELO"


Última leitura: "O Sétimo Selo" de José Rodrigues dos Santos (Gradiva).

“Um cientista é assassinado na Antárctida e a Interpol contacta Tomás Noronha para decifrar um enigma com mais de mil anos, um segredo bíblico que o criminoso rabiscou numa folha e deixou ao lado do cadáver. 666
O mistério em torno do número a Besta lança Tomás numa aventura de tirar o fôlego, uma busca que o levará a confrontar-se com o momento mais temido por toda a humanidade. Apocalipse
De Portugal à Sibéria, da Antárctida à Austrália. O Sétimo Selo transporta-nos numa empolgante viagem às maiores ameaças que se erguem à sobrevivência da humanidade.
Baseando-se em informação científica actualizada, José Rodrigues dos Santos volta com este emocionante romance aos grandes temas contemporâneos, numa descoberta que poderá abalar a forma como cada um de nós encara o futuro da humanidade e do nosso planeta.
Prepare-se para o choque.”


“O futuro do abastecimento energético constitui talvez o maior e mais importante desafio da humanidade para a próxima década. É na escolha do tipo de energia que nos irá alimentar que assenta a sobrevivência do planeta enquanto sistema biológico e a sustentabilidade da economia na qual o nosso modo de vida assenta, e o problema é justamente conciliar estes dois aspectos até aqui incompatíveis.
Muitos peritos encaram o hidrogénio como a nossa melhor hipótese, pelos motivos amplamente explicados neste romance, e o curioso é que o desafio nem sequer é novo. (…) Mas o hidrogénio, apesar de todas as suas potencialidades, é apenas um dos vários futuros possíveis. Existem outras alternativas, como o metanol, um biocombustível feito a partir de matéria orgânica, e o etanol, um outro biocombustível criado a partir do milho ou da cana-de-açúcar. Há também a perspectiva de extrair a energia da força forte dos átomos, através da fusão nuclear controlada, mas essa possibilidade parece distante, uma vez que ainda não dispomos da tecnologia necessária para usar essa poderosa e inesgotável fonte energética – há quem calcule que serão precisos cem anos até chegarmos lá. No entretanto, o gás natural poderá constituir-se como uma energia de transição. (…)
Na verdade, não sabemos ainda onde vamos mudar ao certo. Mas sabemos que vamos mudar. De algum modo, o sétimo selo já foi quebrado e temos agora de nos preparar para enfrentar as mudanças que se anunciam no horizonte.”


Um romance baseado em informações verdadeiras recorrendo a fontes como relatórios sobre as alterações climáticas, livros sobre o problema do petróleo e a sucessão energética e colaboradores especialistas nestas áreas.
Um livro que fala de um tema actual e que poderá acontecer num futuro próximo se não defendermos o nosso Planeta. A aposta nas energias alternativas é crucial assim como as mudanças no nosso comportamento ambiental.

2 comentários:

Amaral disse...

Carla
Embora se leia com agrado de JRS já li melhor, mas mesmo assim vale o benefício da dúvida.
Bjo

Carla Pimentel disse...

Foi o primeiro livro que li do autor e interessou-me pelo tema: as alterações climáticas e o abastecimento do petróleo. Obrigada pela tua opinião. Bjs