01 maio 2009

CLIMAS E MAIS CLIMAS

Climas quentes:
Caracterizam-se pelas temperaturas elevadas e predominam nas regiões que se estendem do equador às áreas subtropicais, onde o aquecimento da superfície terrestre é maior.




Equatorial:
É o mais quente e o mais húmido. Principais características:
Temperaturas médias mensais elevadas e amplitude térmica anual quase nula;
Precipitação muito abundante em todos os meses do ano, todos os meses são húmidos;
Localização: latitudes próximas do equador.







Tropical húmido: temperatura média mensal elevada, fraca amplitude térmica anual;
Precipitação abundante durante mais de seis meses, existência de meses secos;
Existência de duas estações do ano, a húmida, mais prolongada e a seca, mais curta.
Localização: zonas envolventes do clima equatorial.

Tropical seco:
temperatura média mensal elevada, fraca amplitude térmica anual;
Precipitação abundante durante menos de seis meses (3 a 4 meses), existência de meses secos (mais de 6 meses secos);
Existência de duas estações do ano, a seca, mais prolongada e a húmida, mais curta.
Localização: zona que envolve os desertos.




Desértico:
temperaturas médias mensais elevadas, com uma amplitude térmica anual moderada a alta;
Precipitação muito reduzida e esporádica; todos os meses são secos;
Existência de uma única estação quente e seca.
Localização: desertos quentes.









Climas temperados:
Os climas temperados predominam nas regiões de latitudes médias.


Mediterrânico: Temperaturas médias mensais amenas, no Inverno, e relativamente elevadas, no verão; amplitude térmica anual moderada ou alta.
Precipitação mais abundante no Outono e Inverno e ocorrência de meses secos no verão (3 e mais).
Localização: as áreas mais extensas localizam-se na bacia do mediterrâneo, incluindo quase todo o território português; extremo sul de África, sudoeste da Austrália, Califórnia, Chile Central.



Marítimo: temperaturas médias mensais relativamente baixas no Inverno e amenas nos meses de verão; amplitude térmica anual moderada.
Precipitação abundante, durante todo o ano, mas mais elevada no Outono e no Inverno.
Quatro estações com, sensivelmente, a mesma duração, em que o Outono e o Inverno são mais frios e chuvosos.
Localização: predomina entre os 40º e 60º de latitude, nas áreas litorais expostas aos ventos marítimos de oeste, no HN, e de este no HS e, por isso, sujeitas à influência da acção moderadora do mar; litoral ocidental dos continentes, no HN e litoral sudeste na Austrália.


Continental: temperaturas médias mensais negativas no Inverno e relativamente elevadas no verão; amplitude térmica anual elevada.
Precipitação mais abundante nos meses de verão e, geralmente, em forma de neve no Inverno.
Localização: concentra-se mais no HN de vido à desigual distribuição dos continentes; predomina no interior da Europa, da América do norte e da Ásia e, também, na costa oriental norte-americana e asiática.







Climas frios:
Predominam nas áreas de latitude elevada, onde as temperaturas muito baixas se devem à acentuada inclinação com que os raios solares incidem na superfície terrestre, e nas altas montanhas, onde a grande altitude é o factor responsável pela descida das temperaturas.


Polar: temperaturas médias mensais negativas, com valores muito baixos em quase todos os meses do ano; amplitude térmica anual muito elevada.
Baixos valores de precipitação, que ocorre, principalmente, nos meses menos frios.
Localização: norte do Canadá, norte da Sibéria, Gronelândia, Antárctida.



Altitude/montanha: temperatura médias mensais negativas, na maior parte dos meses do ano; amplitude térmica anual moderada a alta;
Precipitação abundante, ao longo de todo o ano, e, frequentemente, em forma de neve.
Localização: áreas mais altas das grandes cordilheiras, como os Himalaias, Andes, Montanhas Rochosas, Alpes.





Para saber mais sobre os climas: “Geografia Horrível: Apanhados do Clima” de Anita Ganeri (já apresentado)
(Gráficos: pesquisa Google)

Sem comentários: