14 fevereiro 2009

ELEMENTOS DA ESFERA TERRESTRE

A localização absoluta corresponde à localização de um lugar em função de um sistema de referência universalmente aceite.
Para que se pudesse localizar com exactidão um lugar à superfície da Terra, foi necessário criar ou utilizar algumas linhas imaginárias que nos ajudam e servem de referência.

Conhecemos, então, os elementos da esfera terrestre:
O Globo roda em torno de um eixo imaginário é o Eixo da Terra:
Eixo da Terra – linha imaginária, em torno da qual a Terra executa o movimento de rotação, passa pelo centro da Terra e toca em dois pontos: Pólo Norte e Pólo Sul.

Equador – linha imaginária que é perpendicular ao Eixo da Terra e a divide em dois hemisférios: Norte e Sul.

Meridiano – linha imaginária que passa pelos Pólos e é perpendicular ao Equador e a divide em dois hemisférios: Ocidental e Oriental.
O Meridiano principal ou de referência é o de Greenwich. Este passa pelo observatório de Greenwich em Londres.

Paralelo – linha imaginária paralela ao Equador.
Há quatro Paralelos importantes: Trópico de Câncer (23º27’N); Trópico de Capricórnio (23º27’S); Círculo Polar Árctico (66º33’N); Círculo Polar Antárctico (66º33’S).

A este conjunto de linhas, os Paralelos e os Meridianos, dá-se o nome de rede cartográfica ou geográfica.

Os alunos aprenderam os elementos da esfera terrestre e fizeram o seu esquema no caderno diário. Também tiveram a oportunidade de ver a separação dos hemisférios Norte/Sul e Oriental/Ocidental em dois globos de plasticina e, desta forma, compreender a importância do Equador e do Semimeridiano de Greenwich como linhas de referência.

Sem comentários: